Perfil
  • Enviar
  • Imprimir
  • Favoritos
Fabricação do cimento

Embora seja um dos mais antigos materiais de construção, o processo de produção do cimento é uma combinação de fórmulas tradicionais e alta tecnologia em equipamentos. O objetivo da Lafarge é desenvolver produtos cada vez mais inovadores e que vão ao encontro das necessidades de nossos clientes, seja para obras de pequeno ou grande porte.

 

 

Da extração de calcário à entrega do produto final, as fábricas de cimento da Lafarge no Brasil contam com etapas específicas no processo produtivo do cimento. Confira abaixo.

Processo de fabricação de cimento

Etapa 1: extração das matérias-primas

 

As matérias-primas necessárias para a produção de cimento (carbonato de cálcio, sílica, alumínio e minério de ferro) são geralmente extraídas de rocha calcária ou argila. Essas matérias-primas são extraídas das minas por meio de detonações. Em seguida, são trituradas e transportadas para a fábrica onde são armazenadas e homogeneizadas.

 

Etapa 2: Fabricação do cru

A moagem das matérias-primas produz um pó fino conhecido como cru que é pré-aquecido e em seguida introduzido em um forno rotativo. O material é aquecido a uma temperatura de 1.500º C (por uma chama de 2.000º C), antes de ser subitamente resfriado por rajadas de ar. Assim é produzido o clínquer, o material básico necessário para a produção de todos os tipos de cimento.

Interior de um forno de cimento

Interior de um forno de cimento

Etapa 3: Moagem de cimento e expedição

Uma pequena quantidade de gesso (3 a 5%) é adicionada ao clínquer para regular como o cimento endurecerá (tempo de pega). A mistura é então finamente moída para se obter o "cimento puro". Durante esta fase, diferentes materiais minerais, chamados de "adições", podem ser adicionados além do gesso. Usadas em variadas proporções, essas adições, que podem ser recursos naturais ou sub-produtos industriais, dão ao cimento propriedades específicas como redução de impermeabilidade, resistência a sulfatos e ambientes agressivos, melhor desempenho e acabamento.   

 

 

Finalmente, o processo produtivo do cimento termina e o produto final é armazenado em silos, antes de ser enviado a granel ou em sacos para os pontos de venda.

 

Aditivos e o meio ambiente

Pensando em sustentabilidade, a Lafarge prioriza o uso de fontes alternativas de matéria-prima e energia em seu processo produtivo de cimento. O uso de aditivos está dentro desta postura de comprometimento com o desenvolvimento sustentável.

 

Suas vantagens são:

- intensifica determinadas propriedades do cimento,

- recicla materiais que seriam descartados em aterros sanitários,

- reduz o consumo de recursos naturais,

- reduz as emissões de CO2.

 

Fiabilidade do forno

Garantia de bom rendimento

 

O coeficiente de fiabilidade de um forno é calculado comparando o número de horas em que ele esteve parado e o número de horas de funcionamento. A melhoria deste indicador é a chave para alcançar maior eficiência na produção de cimento e as metas de excelência fixadas pelo Grupo Lafarge. 

 

  • Enviar
  • Imprimir
  • Favoritos

Cimento especial para poços de petróleo

A fábrica de Cantagalo recebeu o selo do Instituto Americano do Petróleo (API), certificando que a unidade está apta a produzir cimento para poços de petróleo, atendendo aos mais altos padrões da indústria petrolífera.     

LafargeHolcim. Cement, aggregates, Concrete.