Últimas notícias / releases
  • Enviar
  • Imprimir
  • Favoritos

Data 03/03/2010

Procura feminina por cursos de aplicação de gesso triplica

PROCURA FEMININA POR CURSOS DE APLICAÇÃO DE GESSO TRIPLICA NA LAFARGE GYPSUM

 

 

Somente no mês da mulher, o número de candidatas inscritas já se equipara ao total de registros do ano passado


A Lafarge Gypsum, pioneira no Brasil e líder sul-americana na fabricação do sistema Drywall (chapas de gesso estruturadas em perfis metálicos para paredes e forros), registrou aumento significativo no número de mulheres inscritas em cursos de mão-de-obra para aplicação do sistema. Em 2008, apenas duas mulheres receberam o certificado de conclusão do curso, que é gratuito; no ano passado esse número triplicou: seis mulheres foram certificadas. "E este ano, somente para os cursos que serão ministrados em março, já temos seis mulheres inscritas, o total de registros em 2009. Como temos cursos agendados até novembro de 2010, esperamos fechar o ano com uma participação feminina bem maior nos nossos treinamentos", diz Rosângela Ciarcia, técnica de treinamento da Lafarge Gypsum em São Paulo.

 

Segundo ela, dois motivos principais vêm levando as mulheres a buscar especialização profissional na área - o promissor mercado do drywall na construção civil, cujo volume de vendas para construtoras cresce ano a ano e tem em São Paulo o principal mercado da Lafarge (44%); e o interesse em fazer em casa, sozinha, a aplicação do gesso, na decoração ou montagem. "Cerca de 30% das mulheres que passaram pelos nossos cursos estavam interessadas em aplicar em casa os conhecimentos sobre o gesso ou então em monitorar com um olhar mais crítico o trabalho de um técnico. É um trabalho detalhista que tem muito a ver com o perfeccionismo feminino", conta Rosângela.

 

A procura por candidatas de outros estados também é uma tendência observada pela Lafarge Gypsum. No ano passado, a aluna Lígia Kaliny Nogueira, 24 anos, de Fortaleza, era a única mulher da sua turma, formada por 20 pessoas. "A montagem e aplicação do gesso não é fácil, mas é muito prática. É um trabalho cheio de detalhes, e eu acho que nisso as mulheres saem ganhando", diz. Lígia trabalha em São Paulo revendendo o drywall para construtoras. "Lido com uma clientela 100% masculina, e é ótimo poder argumentar sobre o produto em pé de igualdade com técnicos, arquitetos e engenheiros".


Para Ivna Cristina da Rocha Leitão, piauiense de 31 anos, e formada ano passado pelo treinamento da empresa, o mercado precisa de mão de obra qualificada. "Trabalho em distribuidora do sistema drywall, mas tenho vontade de atuar na montagem e mão-de-obra mesmo. Pelo que vejo de balcão, o mercado está precisando de gente qualificada e está muito aberto às mulheres nos andaimes".

 

O curso da Lafarge Gypsum para março, mês da mulher, acontecerá gratuitamente nos dias 29, 30 e 31. O treinamento acontecerá no Centro de Treinamento Lafarge Gypsum, nas instalações do Instituto Federal de Educação (IFSP), antigo CEFET - SP (Rua Pedro Vicente, 625 - Canindé), das 8h às 17h. Pessoas com idade a partir de 18 anos já podem se inscrever pelo e-mail tecnico.gypsum@lafarge.com. O preenchimento das vagas respeitará a ordem de entrada das inscrições; os candidatos que não conseguirem vaga no primeiro curso serão automaticamente inscritos para os próximos treinamentos.

 

SOBRE A LAFARGE GYPSUM
Desde 1995 no mercado brasileiro, a Lafarge Gypsum é referência de tecnologia e qualidade em sistemas drywall. Possui no país uma ampla rede autorizada de empresas de montagem e distribuidores que oferecem uma gama completa de chapas, perfilados metálicos, materiais para acabamento, fixações e acessórios.


SOBRE A LAFARGE

A Lafarge é líder mundial em materiais de construção, com posições de destaque em todas as suas atividades: Cimento, Concreto & Agregados e Gypsum (Gesso). Com mais de 78 mil empregados em 78 países, a empresa registrou um faturamento de 15,9 bilhões de Euros em 2009.

Em 2010, pelo sexto ano consecutivo, a Lafarge figurou na lista das "100 Empresas mais Sustentáveis do Mundo". Em seu centro de pesquisas de materiais de construção pioneiro no mundo, a Lafarge coloca a inovação no centro das suas prioridades, contribuindo para a sustentabilidade da construção civil e a criatividade arquitetônica.

 

Presente no Brasil desde 1959, a empresa tem aproximadamente 1,2 mil empregados e um parque industrial distribuído nos estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Pernambuco. Na divisão Cimento, a Lafarge conta com fábricas nas cidades de Arcos, Matozinhos, Montes Claros e Santa Luzia, em Minas Gerais; e em Cantagalo, no Rio de Janeiro. No Concreto, a empresa possui 52 unidades nos estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo. Para a produção de Agregados, conta com três áreas de mineração de grande porte, no Rio de Janeiro e em São Paulo. Na divisão Gesso são duas fábricas em Pernambuco, nas cidades de Petrolina e Araripina.

 

Informações adicionais sobre a Lafarge podem ser obtidas no website www.lafarge.com.br

 

 

 

 

 

Ferramentas

Cadastrar:
Favoritos:
  • Enviar
  • Imprimir
  • Favoritos

Pesquisa & Inovação

Uma prioridade da Lafarge

Veja o que a Lafarge tem feito na área de Pesquisa & Inovação no setor de materiais de construção. 

LafargeHolcim. Cement, aggregates, Concrete.