Últimas notícias / releases
  • Enviar
  • Imprimir
  • Favoritos

Data 30/03/2011

Lafarge Gypsum investe em capacitação profissional

DE OLHO NAS OLIMPÍADAS E NA COPA DO MUNDO, LAFARGE GYPSUM INVESTE EM CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL NO RIO DE JANEIRO

 

 

A Lafarge Gypsum, pioneira no Brasil e líder sul-americana na fabricação de sistemas drywall (chapas de gesso estruturadas em perfis metálicos para paredes, forros e revestimentos), assinou no mês de fevereiro um acordo com o Centro Federal de Educação Tecnológica do Rio de Janeiro (CEFET/RJ) para capacitar alunos e professores do Centro além de profissionais para a montagem de drywall. O acordo foi acertado de forma estratégica, tanto para atender a  demanda atual da construção civil por trabalhadores especializados nesse sistema construtivo, quanto para preparar e abastecer o mercado para as obras de infraestrutura das Olimpíadas e Copa do Mundo. "Estes dois eventos provocarão um aquecimento do mercado, sobretudo no Rio de Janeiro e em outras cidades que sediarão jogos da Copa. A nossa rede de distribuição e as montadoras vão precisar de mais profissionais preparados", diz Marcelo Pedrosa, coordenador do departamento técnico da Lafarge. Segundo ele, o desempenho do drywall depende muito da qualidade da sua montagem e instalação. "E isso requer capacitação".
 
A agenda de treinamentos no CEFET do Rio de Janeiro já terá início na segunda semana de março, e a previsão da empresa é capacitar cerca de 1000 profissionais no Rio, até o final do ano.
 
A empresa estima para 2011 um incremento de cerca de 30% na demanda de mão-de-obra especializada em drywall . A idéia é treinar aproximadamente novos 4 mil profissionais neste ano - 1 mil a mais do que a média anual da empresa -  através do acordo do CEFET/RJ e de mais duas parcerias firmadas com os Institutos Federais de Educação em São Paulo e na Bahia.  Levando em consideração estes três pólos de capacitação profissional, o investimento da Lafarge Gypsum na formação de mão de obra está na casa dos R$ 300 mil/ano, o que, de 2008 para cá, totalizou R$ 1 milhão.  Em 2010, 60% dos profissionais formados pelos cursos da Lafarge Gypsum foram absorvidos pelo mercado.
 
 
O drywall é um sistema construtivo alternativo à alvenaria que vem crescendo no mercado da construção civil brasileiro. Segundo a Associação Brasileira dos Fabricantes de Chapas para Drywall, o consumo desse produto no Brasil cresceu aproximadamente 30% em 2010, em comparação com o ano anterior. Foram consumidos no ano 32,7 milhões de m2 de chapas contra pouco mais de 25 milhões de m2 em 2009. Esse foi o maior crescimento do mercado drywall registrado desde a segunda metade da década de 1990 . "O crescimento da utilização dos sistemas drywall revela a crescente modernização da construção civil brasileira. Essa tecnologia, por sua modernidade, está cada vez mais consolidada na preferência dos incorporadores, construtores, engenheiros, arquitetos e designers de interiores", diz Mário Castro, presidente da Lafarge Gypsum e da Associação Drywall

 

 

SOBRE A LAFARGE GYPSUM

Desde 1995 no mercado brasileiro, a Lafarge Gypsum é referência de tecnologia e qualidade em sistemas drywall. Possui no país uma ampla rede autorizada de empresas de montagem e distribuidores que oferecem uma gama completa de chapas, perfilados metálicos, materiais para acabamento, fixações e acessórios.

 

 

SOBRE A LAFARGE

A Lafarge é líder mundial em materiais de construção, com posições de destaque em todas as suas atividades: Cimento, Concreto & Agregados e Gypsum (Gesso). Com mais de 78 mil empregados em 78 países, a empresa registrou um faturamento de 15,9 bilhões de Euros em 2009.

Em 2010, pelo sexto ano consecutivo, a Lafarge figurou na lista das "100 Empresas mais Sustentáveis do Mundo". Em seu centro de pesquisas de materiais de construção pioneiro no mundo, a Lafarge coloca a inovação no centro das suas prioridades, contribuindo para a sustentabilidade da construção civil e a criatividade arquitetônica.

Presente no Brasil desde 1959, a empresa tem aproximadamente 1,2 mil empregados e um parque industrial distribuído nos estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Pernambuco. Na  divisão  Cimento,  a  Lafarge conta com fábricas nas cidades de Arcos, Matozinhos,  Montes  Claros e Santa Luzia, em Minas Gerais; e em Cantagalo, no  Rio  de  Janeiro.  No  Concreto,  a  empresa possui 52 unidades nos estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo. Para a produção de Agregados,  conta  com três áreas de mineração de grande porte, no Rio de Janeiro  e em  São  Paulo. Na divisão  Gesso são duas fábricas em Pernambuco, nas cidades de Petrolina e Araripina.

Informações adicionais sobre a Lafarge podem ser obtidas no website www.lafarge.com.br

 

 

 

 

 

Ferramentas

Cadastrar:
Favoritos:
  • Enviar
  • Imprimir
  • Favoritos

Pesquisa & Inovação

Uma prioridade da Lafarge

Veja o que a Lafarge tem feito na área de Pesquisa & Inovação no setor de materiais de construção. 

LafargeHolcim. Cement, aggregates, Concrete.