Últimas notícias / releases
  • Enviar
  • Imprimir
  • Favoritos

Data 04/10/2012

Lafarge patrocina novo Centro de Documentação da Fiocruz

 

 

 

A Lafarge, líder mundial em materiais de construção, é uma das empresas que está patrocinando a construção do Centro de Documentação e História da Saúde (CDHS) da Fiocruz, cuja pedra fundamental foi lançada hoje (03/10), às 10h30, na unidade de Manguinhos da Fundação. O CDHS é um projeto da Casa de Oswaldo Cruz (COC) que reunirá um amplo e único conjunto documental sobre a história da saúde no país desde o século 19.

Segundo João Ricardo Cavalcanti, diretor de Recursos Humanos e Comunicação da Lafarge, "a saúde, assim como a segurança, é um tema prioritário para a Lafarge, que tem como ambição estar entre as melhores empresas do mundo nestes quesitos. Mais do que contribuir com a preservação do acervo da saúde, que concentrará informações confiáveis para as gerações futuras, o fato de o acervo ser aberto à consulta pública amplifica o alcance da iniciativa, contribuindo para o compartilhamento do conhecimento por toda a sociedade".

 

O CDHS:

O espaço vai guardar cerca de 80 mil documentos que retratam os processos políticos, sociais e culturais da saúde no Brasil. Entre os arquivos a serem transferidos para a nova casa, estão os dos sanitaristas Oswaldo Cruz e Carlos Chagas, reconhecidos pela Unesco como acervos de relevância para a história da humanidade.

O edifício vai acolher equipes de pesquisa, de gestão e tecnologias da informação, e de tratamento do acervo, abrigando ainda um laboratório de fotografia digital, outro de conservação de documentos da COC e um Centro de Digitalização Tridimensional de Acervos da Fiocruz. Dividido em cinco pavimentos, o prédio terá 3.515m² de área construída, sendo 2.000m² destinados à guarda do acervo e para atividades de ensino, estudo e pesquisa, e sua conclusão está prevista para o final de 2014.

 

 

 

 

 

Contatos para a imprensa – S2Publicom

 

Tel: (21) 2543-3388

 

Amanda Vidigal

amanda.vidigal@s2publicom.com.br

 

Jannaina Costa

Jannaina.costa@s2publicom.com.br

 

Ferramentas

Cadastrar:
Favoritos:

 

Informações complementares

            No Brasil desde 1959, a Lafarge é uma das principais empresas do país no setor de materiais de construção, com cerca de 1,8 mil empregados e um portfólio de marcas que incluem os cimentos Mauá, Campeão e Montes Claros, e as linhas de concretos especiais Ultra Series, Artevia e Hydromedia. Seu parque industrial distribuído nas regiões Sudeste, Nordeste e Centro-Oeste conta com nove fábricas e estações de moagem de cimento, 47 unidades para a produção de concreto e agregados e três áreas de mineração. Com expertise em processos industriais eficientes e sustentáveis, a Lafarge Brasil busca contribuir com a preservação dos recursos naturais, a proteção do meio ambiente e o respeito pelas comunidades locais. 

            Presente em 64 países e com 68 mil empregados, o Grupo Lafarge é líder mundial em seu setor, com posições de destaque em suas linhas de produtos - cimento, concreto e agregados. Em 2011, a Lafarge registrou um faturamento de 15,3 bilhões de euros. Pelo segundo ano consecutivo, a empresa foi classificada entre as top 10 no ranking das 500 companhias avaliadas pelo "Carbon Disclosure Project", em reconhecimento às suas estratégias e ações contra o aquecimento global. Com seu centro de pesquisa em materiais de construção pioneiro no mundo, a Lafarge coloca a inovação no centro das suas prioridades, trabalhando para a construção sustentável e criatividade arquitetônica. 

  • Enviar
  • Imprimir
  • Favoritos

Pesquisa & Inovação

Uma prioridade da Lafarge

Veja o que a Lafarge tem feito na área de Pesquisa & Inovação no setor de materiais de construção. 

LafargeHolcim. Cement, aggregates, Concrete.